quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

MISTURA FORNECIDA AOS CANÁRIOS NO NACIONAL NO ENTRONCAMENTO


Não queria me manifestar sobre a mistura dada aos canários durante o Nacional do Entroncamento, mas vou ter de falar, para que casos destas não se repitam em futuros Nacionais, e mesmo noutras exposições.
Porque depois quem paga sempre a factura são os criadores, porque a organização por motivos que desconhecemos, ou por oferta do produto, ou interesses publicitarias, só olha para os seus interesses, esquecendo-se dos criadores, que normalmente levam os seus melhores canários a expor.

Como todos repararam a mistura utilizada estava um pouco forte, ou seja as sementes negras em relação á alpista era um pouco acima da média, mistura mais indicada para países de temperaturas mais frias.
Eu no meu caso, que só dou alpista aos meus canários, assim que cheguei na sexta, devia de ter ido logo observar os meus canários, mas como cheguei já quase á hora do almoço, só tive tempo de meter os canários na banca e ir almoçar, de tarde tive pessoal na banca, acabando por dar uma vista de olhos rápida na exposição, mas sem observar bem nos meus canários.

Mas no sábado de manhã depois de tratar dos meus canários na banca, e antes de abrir a exposição, fui com calma ver todos os meus canários, notando que alguns estavão tocados, reparei na mistura, e troquei os comedouros daqueles que achei estarem menos bem. Não troquei a todos porque a alpista que levava não dava para todos, e no recinto não havia alpista á venda, apenas mistura.
Pareciam-me todos relativamente bem, mas na terça de manhã, reparei que um dos machos pasteis que fazia parte da equipa que levei, que tinha 91 P., era para ir ao Mundial, estava esticado em cima da grelha, mancha no fígado, e passados 2 dias acontecia exactamente o mesmo á fêmea castanho pastel vermelho mosaico que obteve o primeiro lugar, com o mesmo sintoma.

Perdi dois dos meus melhores castanhos pasteis, e tenho dois machos castanhos amarelos mosaicos da equipa que ganhou, por enquanto não os vejo em condições de os puder mandar ao Mundial, claro que já escolhi outros para os substituir, mas nunca é a mesma coisa, quem paga são sempre os criadores, depois ficam todos admirados de cada vez menos levarmos os nossos canários a algumas exposições.
Temos de acabar com estas faltas de consideração para com os criadores, porque afinal pagamos e bem pelas inscrições, como tal exigimos que os nossos canários sejam bem tratados, e se querem dar mistura, então que dêm uma light, e não misturas com demasiadas sementes negras, como foi o caso do Nacional, este ano.
(A MISTURA UTILIZADA FOI EXAGERADA)
Gostava que me deixassem as vossas opiniões, sobre o assunto.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

CANARIOS QUE VOU MANDAR AO MUNDIAL DE TOURS EM FRANÇA 2011

Pensei em não participar este ano, para poder começar mais cedo as minhas criações, mas depois de pensar melhor, acabei por mudar de ideias, como tal só devo de junta-los no inicio de Março.
Como devem de saber cada caixa transportadora tem 12 buracos, como tal pensei, vou levar 12 canários, e seja o que Deus quiser, mas!!!!
Pensando melhor, acabando de ter de ir leva-los e busca-los, vou mandar mais alguns,dava-me um total de 30 canários, a mesma quantidade que mandei ao Internacional de Reggio Emilia(Itália), mas com algumas alterações. Como ficava com 6 buracos vazios, e mais 6 menos seis, acabei por inscrever 36 canários. Atenção que o Mundial é como o Internacional de Reggio, os machos concorrem junto com as fêmeas, excepto nos mosaicos lipocromos amarelos e vermelhos.
Aqui fica a lista dos meus contemplados, a fazerem mais uma viagem, desta vez ate Tours, em França:

STAM MACHOS CASTANHO AMARELO MOSAICO
STAM FÊMEAS CASTANHO AMARELO MOSAICO
IND. FÊMEA CASTANHA AMARELO MARFIM MOSAICO
IND. MACHO CASTANHO AMARELO MOSAICO
IND. MACHO CASTANHO AMARELO MOSAICO

IND.MACHO CASTANHO VERMELHO MOSAICO

STAM MACHOS CASTANHO OPALA AMARELO MOSAICO
IND. MACHO CASTANHO OPALA AMARELO MOSAICO

STAM MACHOS CASTANHO OPALA VERMELHO MOSAICO
STAM FÊMEAS CASTANHO OPALA VERMELHO MOSAICO
IND. MACHO CASTANHO OPALA VERMELHO MOSAICO

STAM MACHOS CASTANHO PASTEL VERMELHO MOSAICO
STAM MACHOS CASTANHO PASTEL VERMELHO MOSAICO
IND. MACHO CASTANHO PASTEL VERMELHO MOSAICO
IND. MACHO CASTANHO PASTEL VERMELHO MOSAICO

7 STAMS X 4 = 28 + 8 IND. TOTAL DE 36 CANÁRIOS.

Como quem não manda não marca!!! se obtiver um prémio já é óptimo para mim.
Mandei 30 ao Internacional de Reggio e fiz duas medalhas, no Nacional fiquei em 2ºda geral, o que nunca me passou pela cabeça.
Como tal já valeu o esforço e dedicação desta época, se não marcar, paciência.
Em 2012, se tudo correr bem, estarei novamente no Mundial, desta vez em Alicante Espanha.
Alicante fica a 800 km de minha casa, sempre tenho a vantagem de os poder levar, e meter nas respectivas gaiolas. No Mundial de 2012(Espanha), temos a hipótese de poder participar em força, não temos desculpa para não o fazer, acreditem meus amigos, que voçês tem boas aves, e quem não manda não pode premiar.

BOA SORTE PARA TODOS OS PORTUGUESES, QUE VÃO PARTICIPAR NO MUNDIAL.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

FUTURO DO CAMPEONATO NACIONAL

Meus amigos, eu sei que sou um noviço nestas andanças, embora seja criador há mais de 20 anos, há apenas 3 ou 4 anos que comecei a participar em provas Nacionais e Internacionais.

Mas depois do que se anda a passar na nossa Ornitologia, e embora não esteja a par de problemas de secretaria, nem do que envolve os nossos dirigentes,nem estou interessado, aqui fica a minha opinião em relação ao que se esta a passar no nosso Nacional.
Se não fizermos algo para mudar o rumo dos acontecimentos, qualquer dia não temos um único criador que participa em Internacionais fora do País ou Mundiais, a participar no nosso Nacional.

É com imensa pena que este ano deixei de ver mais alguns nomes dos melhores criadores Nacionais, a participarem no nosso Nacional.
Alguns deles porque são juízes e como vão julgar não podem concorrer, outros porque as suas aves vão ao Mundial, outros porque participaram em Reggio Emilia, pensando depois levar as suas aves ao Mundial.
Cada um tem os seus motivos para não participar no nosso Nacional.
Mas será que estão certos? desculpem a minha ignorância, mas será que nós não nos estamos a esquecer da nossa casa, por acharmos, e infelizmente muitas das vezes com razão, que se não obtivermos prémios lá fora, não temos o devido valor como criadores, nem retorno económico que compense todo um esforço tanto humano como financeiro para termos um plantel de um bom nivel.

Não sei se já repararam, mas ainda este ano, como tem vindo a acontecer nos ultimos anos, participaram aproximadamente 1000 canários portugueses, dos melhores criadores Nacionais, no Internacional de Reggio Emilia(Itália)e que muitos desses criadores não participaram no nosso Nacional.
Não digo que não tenham as vossas razões por adoptarem esta atitude, mas deviam parar um pouco para pensar, antes que seja tarde, porque cada ano que passa o nosso Nacional, vai perdendo a participação de mais alguns dos nossos melhores criadores, perdendo assim a qualidade, e o seu prestigio.
E ao fim ao cabo só quem fica a beneficiar com a nossa atitude, são os italianos, que cada ano que passa, mais forte vai ficando o seu Internacional(Reggio Emilia).

Penso que somos todos culpados pelo que se está a passar, e só não vê quem não quer ver, desde dirigentes, a juízes, passando pelas organizações dos Nacionais, e por nós próprios criadores.
Porque das duas uma, ou nos unimos todos, e mudamos a mentalidade de todos, para que todos os criadores que dantes participavam, voltem novamente a participar no nosso Nacional, ou daqui a alguns anos se queremos ver a qualidade dos canários de alguns dos melhores criadores Portugueses, temos de nos deslocar a Reggio Emilia(Itália), ou ao Mundial.

Já pensaram que se tivessem uma prova em Portugal, quer seja o Nacional ou um Internacional, em que todos os criadores aderissem sem excepção, passados alguns anos também poderiam ter o sucesso de outros inventos na Europa, como é o caso de Geel.
Será que não andamos a engordar os bolsos dos italianos, e nos estamos a esquecer que temos valor para podermos também nós, organizar todos os anos, na mesma data e local, também um evento de nível Internacional, onde todos nós criadores Portugueses devemos participar com o que de melhor temos para mostar.
Todos sabemos que esse evento para ter sucesso só poderá ser efectuado no Norte do país.
O que pensam do meu ponto de vista?

ALGUMAS FOTOS TIRADAS DURANTE O NACIONAL NO ENTRONCAMENTO