segunda-feira, 8 de novembro de 2010

PASSEI DIAS COMPLICADOS EM SEVILHA

O Eurico, o Nuno e o Olavo passaram pela minha casa por volta das 6.30h da manhã de quinta-feira, chegamos ás Dos Hermanas umas 2 horas depois, para preparar a minha banca, e eles montarem o stand.
Pelo caminho apanhei bastante sol, o que é certo é que não me estava a sentir muito bem, ate tive de tomar um comprimido para aguentar o dia todo na feira.
Penso ter ficado pior depois de ter almoçado, um pouco de paella e um bife de atum, porque o bife, embora não o tenha conseguido comer, porque não me estava a saber bem, mas de inicio pensei que fosse por eu não estar bom, mas depois apercebi-me que era mesmo o bife que não estava bom.
A feira teve bastante pessoal na quinta-feira, logo quando abriu, mas enfraqueceu durante o resto do dia, quase não se justificando chegar na quinta, o que muitos criadores fizeram, apenas chegando na sexta-feira.
Saímos já tarde da feira, e fomos procurar o Hotel, só que perdemos bastante tempo a encontra-lo, e quando saímos já era um pouco tarde, como tal optamos todos por jantar perto, numa hamburgaria na zona, porque aquela hora era melhor não arriscar.
Na primeira noite tive bastante febre, e o que me salvou foram os comprimidos que o Eurico me deu.

Na sexta-feira custei a acordar, e a minha vontade de ir para a exposição não era nenhuma, ao pequeno-almoço faltava-me o apetite, e também depois do dia anterior, ainda menos vontade tinha de voltar, mas lá fomos nós.
Sexta-feira houve um pouco mais de visitantes do que na quinta, mas a maioria do pessoal era apenas para observar, perguntar, comprar apenas os criadores que precisavam deste ou daquele canário, e que não encontram noutro local.
Nota-se a crise também em Espanha, e aqui os próprios criadores só estão a comprar mesmo o que precisam, e depois as minhas raças são exclusivamente para criadores, e como não quis baixar o preço(perdi de fazer algumas vendas)a pessoal que quer começar, mas como tinham preços muito baixos noutros bancas, optavam por lá comprar. Para mim, foi sair da feira, jantar e cama, continuava a não me sentir bem, e depois sentia a garganta, talvez também devido ao pó que se fazia sentir na feira das aves.

No sábado de manhã acordei um pouco melhor, mas sentia-me um pouco almariado(não me dei nada bem com a comida espanhola)atrasamos-nos um pouco a chegar, quando cheguei já tinha portugueses no recinto, e pessoal á minha espera. O sábado foi melhor de longe do que os outros 3 dias juntos, de manhã nem parei, tanto a vender como a falar com o pessoal, foi o dia em que os criadores das minhas raças apareceram quase todos. Eu em Espanha nunca tinha concorrido, como tal não sou conhecido, para o ano talvez vá concorrer no Internacional da Costa del Sol.
Levei 4 equipas a concorrer, e obtive 3 primeiros, destacando-se a minha equipa de castanhos pasteis vermelhos mosaicos, com 94,93,93,92 pontos respectivamente, com 376 p.no total, talvez também por ser a única das minhas equipas a ser julgada por um juiz OMJ Belga, porque as outras 3 equipas, foram julgadas pelo mesmo juiz espanhol.

Acabei ainda no sábado por dispensar 2 machos castanhos amarelos mosaico do stam a dois criadores espanhóis, que me procuraram na banca, mas que me estão agora a fazer falta, porque tinha um macho castanho amarelo mosaico com as penas do rabo partidas, que já não posso enviar para reggio emilia, e outro que agora não estou a gostar tanto quanto dos outros dois, que nem devia de ter mandado a Sevilha, mas tenho sempre fêmeas para me desenrascar. No sábado pensamos em sair depois de jantar, mas eu mais uma vez, e para variar não estava bem, e fui-me deitar bem cedo, tambem depois de um dia destes mesmo quem estava bem, estava todo roto, porque o sabado mexeu bem.

No domingo chegamos já tarde, e uma parte dos criadores já não estavam, metade das bancas já estavam vazias, e os que ficaram, fizeram saldos aos seus canários, como tal no domingo foi o dia em menos vendi, perdendo de fazer grandes vendas por não alinhar no esquema. Antes da uma hora portuguesa, já tinha os canarios no carro e assim que apanhei os meus canarios da exposição, regressei logo a casa, para ter tempo para ir metendo com calma os canarios que voltaram nas voadeiras.

5 comentários:

José Martins disse...

ISSO JÁ ERAM PRESSENTIMENTOS PARA A CANJINHA DE DOMINGO À NOITE...
SERÁ?
OLHA QUE EU NÃO ACREDITO MAS QUE HÁ BRUXAS HÁ!!!!!

mais a sério... ESPERO QUE ESTEJAS MELHOR!
UM ABRAÇO
JOSÉ MARTINS
CANARIL DE MAFRA JM

paulo disse...

Boa tarde Carlos Faisca....Tenho duas perguntas para vc???

1º Tenho um filhote de 25 dias e ele ja saiu do ninho, e a femea começou arrumar o ninho para botar novamente mais so q o filhote esta indo para o ninho e destruindo o q a femea fez para botar?? O que posso fazer?? E a gaiola q estou criando nao tem divisória.

2º Tenho uma femea que botou 5 ovos na primeira postura e nao nasceu nenhum filhote, e agora ela botou 4 ovos na segunda postura e tambem nao nasceu nenhum filhote?? O que posso fazer?? Devo trocar o macho??


Obrigado pela atenção. Agradeço desde já.....

Carlos Faisca disse...

Bom dia

Obrigado amigo José Martins,estou um pouco melhor sim.
Mas ainda não estou bom, tambem porque sou um teimoso, e não tenho tomado nada, e depois como ando de moto não ajuda muito com o tempo que esta.
Em relação ao Jogo do Porto-BENFICA. Não fui ao café ver, porque quando acabei de jantar e estava a sair de casa, já o Porto maracava o 2-0, como tal dei meia volta e fiquei em casa.(foi melhor assim)Não tenho mais comentarios a fazer sobre o jogo.VAMOS TER DE LEVANTAR A CABEÇA, E SEGUIR EM FRENTE.e dar os parabens ao Porto.

Respondendo ao SrºPaulo
1ºSe a gaiola não tem divisoria, então meta o filhote numa gaiola pequena, que dê para encostar á da femea, de maneira que ela consiga lhe fornecer alimentos, senão não há volta a dar á situação.
2ºEvidente, deve de meter outro macho da mesma raça, que não seja irmão, de preferencia nada á femea, e que tenha galado outra femea.Não vale a pena perder mais tempo com esses macho.
Embora o problema possa ser da femea, e não do macho, mas de qualquer forma sem trocar não fica a saber.

um abraço
Carlos Faisca

Carlos Ramos disse...

Caro Carlos

Espero que tenhas já recuperado completamente, possivelmente foi alguma virose.
É sempre uma chatice, mas em determinados contextos, como foi o caso pior ainda.
Gostava também de te dar os parabens por este espaço.Também eu comecei um pequeno blog, onde tentarei ir grafitando alguns aconteciementos relevantes neste hobby tão aliciante.
Despeço-me com um forte abraço, desenjando-te boa sorte para as expos que se avizinham avizinham e muita saúde.

Carlos Faisca disse...

Bom dia Carlos Ramos

Já estou melhor! obrigado.

Este ano cometi alguns erros, entre eles ter passado de 80 para 145 femeas, o que não tem nada a ver, e depois ter anilhado 780 filhotes, logo num ano de crise, quando nunca ultrapassava os 600.

Como tenho muitos canarios par tratar, o tempo disponivel para com aqueles que vou levar aos concursos é muito menor.
Como tal no proximo ano, vou ficar com 105 femeas, nem mais uma.
Por isso é que este ano estou a vender bastantes reprodutores meus.

Os que sobrarem ficam nas voadeiras no escuro para não ganharem cio.
Um abraço

Carlos Faisca