sexta-feira, 5 de abril de 2013

MUITA PACIENCIA E ALGUMA CORAGEM!!!

Nem sei por onde começar......
Então vamos começar pelas boas.

O Benfica ontem deu um passo no apuramento para as meias finais da UEFA.
Tenho visto alguns jogos de futebol nos últimos dias, coisa que não teria tempo se tudo me estivesse a correr dentro da normalidade.
Já percebi que não vale a pena me massacrar mais com o assunto, é jogar fora os mortos, retirar os ninhos, para elas ganharem cio novamente, tornar a mete-los passados uns 2 ou 3 dias, e depois voltar a meter novo material para as fêmeas iniciarem uma nova postura.
Os problemas continuam, agora na 2ªpostura além de continuarem a morrer os filhotes pequenos, aumentou bastante a quantidade de ovos brancos, o que é perfeitamente normal.
Quem tem tantos casais como eu, é normal todos os anos surgirem alguns problemas, mas como este ano, nunca me lembro que tal me tivesses acontecido.
Resumindo, tudo leva a crer que apanhei “algures” uma bactéria, ou então que tenha sido apanhada através de alguma semente estragada, que me esta a querer desmotivar e fazer com que eu baixe os braços e pare com a criação este ano.
Mas como eu sou muito teimoso, e embora ande triste e bastante desmotivado, vou sempre acreditar até ao fim, que ainda é possível conseguir tirar pelo menos uma determinada quantidade de filhotes, que me permita participar pelo menos no Internacional de Reggio Emilia em Itália.
Depois de ter tido o cuidado de este ano fazer tudo certinho, estou a apanhar por tabela.

Os reprodutores continuam em forma, não lhes noto nada, as fêmeas põem os ovos normalmente, os filhotes nascem quase todos, mas….ao 2º dia , ou enrolam, e ficam esmagados, ou rebentam.
Até já tenho receio de ir ver os ninhos com os filhotes com 2 ou 3 dias de vida.
Vou ter de ter muita paciência, calma e alguma coragem para aguentar a criação este ano até ao fim.
Se no fim das criações, eu tivesses nas minhas voadeiras, tantos filhotes, como aqueles que já joguei para o lixo este ano, iria ter um bom ano de criações.
Há uns 15 dias que nem entro na garagem das voadeiras, era para as estar a lavar e desinfectar, mas depois do que me tem acontecido, a vontade não é nenhuma.
Boa sorte para as vossas criações, espero que o ano vos esteja a correr bem.

11 comentários:

Mário Domingues disse...

Então amigo Faísca, o que é que se tá passando com os seus canários, este ano está correndo mesmo muito mal, para estar assim tão desanimado a coisa está a ficar preta você que é um homem coragem não é agora que vai desanimar, vá tenha paciência e leve isso com calma, espero que entretanto as coisas melhorem coragem.
Um abraço amigo e boa sorte

Carlos Faisca disse...

Boa tarde amigo Domingues

Imagine que tem 145 casais e que 90% deles tem os ovos todos galados. Uma media de 5 ovos por femea, e que quase todos os canarios nascem, e á prior tudo esta bem, ate que ao 2º dia eles morrem, uns enrolados outros rebentam, ate cheiram mal.
Como acha que eu me sinto!!
Coragem se não a tivesse já tinha separado isto tudo. Agora a paciencia é que já vai faltando, mais ainda quando nascem alguns filhotes da 2ªpostura e o cenario continua semelhante.
A humidade é apenas uma desculpa, embora toda a gente saiba que o excesso dela, é prejudicial.

Um abacteria é algo que não da sintomas nos canarios meu amigo, ela tanto apareceu como pode desaparecer som o medicamento certo e as criações inverterem-se completamente, tudo depende agora da sorte que eu estiver.
Pode ter a certeza que vou tentar dar a volta a esta situação, e assim que o conseguir irei meter aqui. eu não preciso esconder nada de ninguem, não sou assim.
Posso lhe dizer que de vez enquando estou no canaril e as lagrimas veem-me aos olhos, que quer mais que lhe diga......

Um abraço

Carlos Faisca

Mário Domingues disse...

Boa noite amigo Faísca

Na verdade isto é frustrante o que lhe está acontecer, o pior é a gente estar a ver o que está acontecer e querer dar a volta á situação e não conseguir é mesmo muito chato. Faísca mesmo que eu queira ajudar não consigo, vá lutando e não desanime dias melhores virão, espero que consiga dar a volta e consiga recuperar este tempo perdido.
Boa sorte e que corra tudo pelo melhor.

Um abraço amigo

Mário Domingues

Nuno Gonçalves disse...

Boa noite Sr Carlos Faísca.

Imagino como deve estar a ser frustrande e penoso lidar com esse problema. No entanto, não percebo a razão de tanta renitência a realizar um exame aos seus canários e assim diagnosticar rapidamente o problema. É muito mais económico e eficaz. Não necessita de ser "teimoso" como mencionou.

Boa sorte nos dias que se seguem. Desejo-lhe a maior sorte para que o presente também possa ser um sucesso;)

Atentamente

Nuno Gonçalves

Nuno Gonçalves disse...

* o presente ano (ano de 2013).

Peço desculpa mas o computador comeu-me uma palavra.

Carlos Faisca disse...

Boa noite SrºNuno Gonçalves

não sei se sabe, mas por norma quando se trata de bacterias, não acusa nada nos exames, e depois pelos sintomas das aves dá perfeitamente para ver o que se passa, pois o que me esta a acontecer não esta só a mim, tem mais criadores que apanharam o mesmo ke eu, mas que tambem ainda não conseguiram dar a volta á situação.Tudo parece facil quando tudo corre bem, mas quando as coisas se complicam é que vemos onde estão os criadores.
O meu maior problema é tb o excesso de casais, o que dificulta ainda mais dar a volta á situação.

O problema é que eu não tenho problemas de dizer o ke tenho, enquanto ke muitos criadores escondem com receio das vendas.
Só que isto não tem nada a ver, as aves estão saudaveis, tudo parecia estar 100%, apanharam foi uma bacteria, suponho eu no Mundial, e como não fiz o tratamento adequado para isso.
Fiz a quase tudo menos ao que devia.
Nunca tinha tido este problema na minha vida, já tenho tido outros, mas este nunca. Agora é uma questão de sorte no medicamento.
Tenho de ter calma, que se acertar, as coisas ha-de melhorar e para o ano já eskeci o ke se passou este ano.

um abraço

Carlos Faisca

Nuno Gonçalves disse...

Boa tarde Sr. Faísca.

Antes de mais espero que o seu problema já esteja controlado e que melhor dias venham para mais uma vez presentear todos os criadores com os seus excelentes canários.

Quanto ao problema, foi apenas uma sugestão. Eu sou um criador novo, que embora me tente informar o melhor possível quer em Bibliografia ornitológica, quer junto de criadores/blogs/etc. Devo inclusive dizer que já aprendi muito ao visitar o seu blog. Agradeço desde já toda a partilha aqui descrita.

Antes de juntar os meus canários, em início de Janeiro fiz uma análise às fezes dos meus canários já que este ano fiz bastantes aquisições. Este tipo de análises faz um despiste de possíveis fungos/bactérias/megabactérias/etc.
Achei que uma colheita de fezes no 2º dia dos seus canários pudesse ajudar. Apenas sugeri uma vez que me pareceu que estava com alguma dificuldade em solucionar o problema.

Sem dúvida que os pássaros ao participar em diversas exposições aumentam exponencialmente a possibilidade de contratir algum tipo de problema.

Que os próximos dias corram francamente melhor.

Um abraço

Nuno Gonçalves

Jose Melo disse...

Boas tarde:
Carlos Faísca
A mim também está acontecer o mesmo
as crias morrem ao 2º dia apesar de eu dar papa com a seringa, mas as crias acabam por morrer, já dei quase tudo, incluindo chá de Pau d´Arco durante 8 dias.
Hoje mandei analisar as feses com
exame bacterilogico,con Antibiograma no laboratorio-LNIV
de Lisboa-Benfica
Vamos ver o que vai dar.
Carlos Faísca um abraço, e muita paciencia
até sempre
Jose Melo

Carlos Faisca disse...

Boa noite amigos

nem tenho vindo ao blog, ha varios dias ke aqui não vinha.
A vontade e pouca ou kuase nenhuma.
Ando numa luta terrivel para ver se consigo inverter esta malvada praga ke me esta a devastar os meus pekenos.
Os pais estão optimos, não me morre um reprodutor ha ke tempos, nascem os filhotes, mas infelismente continuam a rebentar com 2 dias de vida, igual como no inicio.
Já fiz 2 ou 3 tratamentos e por enquanto nehumas melhoras.
Pensam ke vou desistir!!
Ainda vou tentar mais um, mas este vai ser o ultimo, depois sim, tenho de me render.....
tambem ando a lavar as voadeiras como tal o tempo e pouco.
Se tiver o meso ke eu e uma bactreria(penso eu)não lhe vai acusar nada kuase de certeza.
Espero ke eu esteja enganado e ek as coisas melhorem o mais rapido possivel.
Podem pensar o ke kiseresm, mas este foi o ano em ke mais filhotes me nasceram. Estou a conseguir aproveitar 15% dos canarios nascidos , ou seja neste momento tenho 150, mas ja nasceram 1000, os outros rebentaram, ou morreram enrolados.
Todos os filhotes ke passaram os 2 dias de vida, kuase nenhum me morreu.

Um abraço

Carlos Faisca

Carlos Faisca disse...

Boa noite amigo Jose Melo

Já sabe os resultados das suas analises!!!
Vai ter de se aguentar pk eu!!nem lhe passa pela cabeça como me sinto por vezes kuando me nascem 10 ou 12 ninhos e so 1 ou 2 ficam vivos, os outros todos para o lixo.
E melhor n em falar.
Espero ke tenha mais sorte do ke eu.

Um abraço

Carlos Faisca

Jose Melo disse...

Boas:
Carlos Faísca
Já recebi o resultado da analise bacteriologica ás fezes,com Antibiograma, do LNIV em Benfica
Resultado: Negativo
Não foram encontradas quaisquer bactéria.
Fui aconselhado pela Dr.Teresa Albuquerque a fazer uma necropsia
ao cadáver da cria.
Mas o ano passado já o tinha mandado fazer,também o resultado foi negativo.
Depois de dar 7 dias de chá Pau darco. Fiz as analises
Agora vou dar 10 dias Chá Boldo, 150 ml+ 15 gotas de Micostantim
e alternar 3 dias de vinagre 10 gotas + 12 gotas de micostantim misturados,com probiótico em 150ml de água
para acidificar o micostantim
Um passarinheiro com loja aberta em Rio de Mouro, Sintra meu amigo disse- me dar antibióticos ainda é pior.
É mais uma experiencia
não tenho certezas,mas se os machos, e as femeas tiverem a barriga limpinha ponho os ninhos
de outra maneira, não sei mais que fazer tenho que pedir ajuda, a quem saiba
Um Abraço
josé Melo