terça-feira, 21 de Dezembro de 2010

MISTURA FORNECIDA AOS CANÁRIOS NO NACIONAL NO ENTRONCAMENTO


Não queria me manifestar sobre a mistura dada aos canários durante o Nacional do Entroncamento, mas vou ter de falar, para que casos destas não se repitam em futuros Nacionais, e mesmo noutras exposições.
Porque depois quem paga sempre a factura são os criadores, porque a organização por motivos que desconhecemos, ou por oferta do produto, ou interesses publicitarias, só olha para os seus interesses, esquecendo-se dos criadores, que normalmente levam os seus melhores canários a expor.

Como todos repararam a mistura utilizada estava um pouco forte, ou seja as sementes negras em relação á alpista era um pouco acima da média, mistura mais indicada para países de temperaturas mais frias.
Eu no meu caso, que só dou alpista aos meus canários, assim que cheguei na sexta, devia de ter ido logo observar os meus canários, mas como cheguei já quase á hora do almoço, só tive tempo de meter os canários na banca e ir almoçar, de tarde tive pessoal na banca, acabando por dar uma vista de olhos rápida na exposição, mas sem observar bem nos meus canários.

Mas no sábado de manhã depois de tratar dos meus canários na banca, e antes de abrir a exposição, fui com calma ver todos os meus canários, notando que alguns estavão tocados, reparei na mistura, e troquei os comedouros daqueles que achei estarem menos bem. Não troquei a todos porque a alpista que levava não dava para todos, e no recinto não havia alpista á venda, apenas mistura.
Pareciam-me todos relativamente bem, mas na terça de manhã, reparei que um dos machos pasteis que fazia parte da equipa que levei, que tinha 91 P., era para ir ao Mundial, estava esticado em cima da grelha, mancha no fígado, e passados 2 dias acontecia exactamente o mesmo á fêmea castanho pastel vermelho mosaico que obteve o primeiro lugar, com o mesmo sintoma.

Perdi dois dos meus melhores castanhos pasteis, e tenho dois machos castanhos amarelos mosaicos da equipa que ganhou, por enquanto não os vejo em condições de os puder mandar ao Mundial, claro que já escolhi outros para os substituir, mas nunca é a mesma coisa, quem paga são sempre os criadores, depois ficam todos admirados de cada vez menos levarmos os nossos canários a algumas exposições.
Temos de acabar com estas faltas de consideração para com os criadores, porque afinal pagamos e bem pelas inscrições, como tal exigimos que os nossos canários sejam bem tratados, e se querem dar mistura, então que dêm uma light, e não misturas com demasiadas sementes negras, como foi o caso do Nacional, este ano.
(A MISTURA UTILIZADA FOI EXAGERADA)
Gostava que me deixassem as vossas opiniões, sobre o assunto.

11 comentários:

ThiagoDB disse...

Carlos, bom dia !

Realmente lamentável a atitude da organização do evento, é visivel que a mistura oferecida não estava balanceada corretamente, e a consequencia disto é a intoxicação das aves e possiveis mortes como aconteceu com você.

Aqui no Brasil não temos este tipo de problema, a mistura oferecida nos torneios abertos e Campeonato Nacional são de ótima qualidade e balanceadas na medida correta, a quantidade de Alpista nunca é menor que 70% da mistura e as demais sementes tambem seguem um proporção adequada.

Vocês não tem como recorrer a organização para eventuais perdas de pássaros quando o problema é evidente, você merecem algum tipo de recompensa.

Até logo !

Ricardo Oliveira disse...

Realmente é uma mistura muito forte. Mais um dia com aquela mistura e dos canários que estão habituados a muita alpista poucos escapavam. Não sei como é que foram capazes de dar tal veneno aos canários num NACIONAL, mas hà gente para tudo.
No entanto há que levantar a cabeça. Decerto que os substitutos também são de optima qualidade.
Boa sorte para o Mundial.

Carlos Faisca disse...

Boa tarde caros amigos

Eu só estou a tocar no assunto, porque penso que não deva de ter sido o unico a sentir na pele o problema da mistura.

E como normalmente tenho bastantes criadores portugueses e não só, a visitarem o meu blog, espero que quem o visite, reflita sobre o assunto, para que da próxima vez, tal não venha a acontecer, para o bem de todos nós.

Um abraço
Carlos Faisca

Ricardo disse...

Boas,
Foi uma pena termos um Nacional com uma organização tão fraquinha.
A organizção estava a cargo de 2 clubes que revelaram muita falta de know-how a nivel de concursos ornitológicos.Foram muitas as peripecias ocorridas,por ex. a mim mudaram-me a inscrição de um canario vermelho marfim , quando reclamei sabendo o que estava a dizer munido das provas suficientes para provar que o erro era deles(organização),negaram as responsabilidades e sugeriram-me se queria levantar as minhas aves de imediato, isto logo no dia da abertura da exposição.
Quanto á mistura utilizada nem há palavras era miseravel um veneno para o figado dos canarios.Enfim para tudo isto apenas revela uma enorme falta de sensibilidade para o evento que organizaram, uma tremenda falta de respeito não só pelos criadores, mas principalmente pelas Aves.
Cumprimentos
Ricardo Ferreira

helder vitoriano borders disse...

helder criador de canarios de porte- queria deixar tambem uma palavra sobre o nacional foi uma vergonha como e que pode um nacional apresentar umas gaiolas de exposiçao cheias de ferrugem , sou criador de canarios borders, as gaiolas dos borders tinham a maior parte dos poleiros todos no chao os canarios estavam todos sujos nao a respeito , abraço

Carlos Faisca disse...

Bom dia

Então quer dizer que todos repararam na mistura utilizada, e será que quem fazia parte da organização tinha lá os seus canários a comer daquela mistura?

Um abraço
Carlos Faisca

jose disse...

Bom dia a todos os que leêm os comentários deste blog.
Respondendo ao Carlos e porque tambem não me passou despercebida a questão da mistura que efectivamente estava forte.
Mas tambem se todos se recordam estava muitissimo frio e ninguem ainda sabe se a organização tomou essa decisão em conjunto com o veterinário que acompanha as aves e/ou por conselho da marca que "ofereceu" a alimentação.
Pessoalmente estou a ser "simpático" porque apesar do que escrevi... NÃO ACREDITO QUE TENHA EXISTIDO NENHUM CUIDADO!!
E criticar é de facto fácil... mas os erros foram mais que muitos.
FICA AQUI MAIS UM EXEMPLO QUE TERIA SIDO GRAVISSIMO...( há horas de sorte)
Um criador do top 10 da classificação tinha dado indicação de venda de algumas das suas aves na inscrição. e no dia da inauguração,(felizmente fomos lá) verificámos que as aves que estavam à venda eram exactamente as que NÃO ERAM PARA VENDER!!! mais grave 1 já tinha sido vendida!!! IMAGINEM A CARA DO CRIADOR!!!
Mais a organização AINDA DUVIDOU DO QUE LHE ESTAVAMOS A DIZER!!!!
Graças a Deus o criador em questão não é maçarico e levava a cópia do que entregou... RECONHECERAM O ERRO!!!
Agora imaginem que o criador era eu...
Mandava as aves fazia o registo do que queria vender as aves eram enviadas pelo meu clube e no regresso quando chegassem a casa verificava que as que queria e tinham sido premiadas!!!!(pois falamos de aves premiadas em equipa!!!) tinham sido vendidas!!!

Mais comentários para quê...
Os organismos competentes tem de seriamente pensar no futuro!

p.s.: para terminar... a "cereja" no topo do bolo!!! o prémio dado aos criadores com e sem prémio... EXACTAMENTE IGUAL... E COM GRALHAS DE IMPRESSÃO NA DATA ALTERADA À MÃO....
E ERA UM CAMPEONATO NACIONAL...
...
MEU DEUS...
felizmente é Natal!!!

UM ABRAÇO BOM NATAL E UM EXCELENTE MUNDIAL!!!

canaios rui vitorino disse...

boas senhor Carlos
realmente não a palavras ,se bem se recorda no sábado de manha quando visitei o nacional comentei consigo sobre a mistura e o veneno que era para as aves.
desejo lhe muita sorte para o mundial.

Um Abraço
Rui Vitorino

Carlos Faisca disse...

Bom dia

Obrigado a todos os que vão dando a sua opinião sobre o que se passou no nosso Nacional.

Quse todos nós tivemos algo a dizer em relação ao que se passou no Nacional, eu tambem tive um pequeno problema nas inscrições, porque tinha registado 14 ind. e só tinha 13 gaiolas, e apenas 13 na folha de inscrição do srºque foi comigo entregar os canários, mas como tambem eu levei uma cópia do enviado por mail, foi fácil de dar a volta á situação.(faltava o ultimo canário inscrito)

No próximo ano vamos ter mais um Nacional, desta vez em Famalição,na mesma cidade que foi efectuado em 2007, e se todos estão recordados, excelente pavilhão, e uma ainda melhor organização.
Como tal espero que em 2011, todos tenhamos esquecido os problemas que aconteceram este ano no Entroncamento, e que voltemos a encher novamente de quantidade e qualidade aquele pavilhão.

Quero agradeçer ao SrºCaldeira, amigo e criador que eu muito admiro(presidente do Clube de Famalicão), pelo facto de naquele Nacional, ter dado oportunidade ao grupo do Algarve a levantar as suas aves em 1º lugar. Penso que não prejudicamos ninguém. Tem de haver alguma compreensão por parte de todos, pois só assim podemos levar este hobbie a bom porto.

De minha casa a Famalicão são cerca de 600 km.
O grupo jantou no caminho, e seguiu viagem, mesmo assim chegamos a casa perto das 4h da manhã.

Em relação aos problemas que aconteceram no Entroncamento, espero que sirvam de lição a todos os Clubes, que no futuro se candidatem a organizar um Nacional, porque se ninguém disser nada, eles não vão poder ser ajudados.
UM SANTO E FELIZ NATAL PARA TODOS.

miguel disse...

Olá a todos!

Espero, que já estejam todos restabelecidos, do figado!!!!!!!!
Mas, afinal estiveram, no Entrocamento.
Acreditem, ou não, no Entrocamento, não acontecem fenómenos por mero acaso...
Como tal Sr.º Carlos: - se voltar ao Entrocamento, da próxima vez, vai ter de contar com os fenómenos...
Se soubesse, que o Sr.º estava, com tal problema, tinha ido de Leiria, com um saquinho de "Alpista - Alpista", para lhe resolver o problema...

Com os melhores cumprimentos: Miguel - 918799107

Carlos Faisca disse...

Bom dia SrºMiguel

Só agora reparei no seu comentario.
Em relação ao figado penso que todos já devem de estar restabelecidos, por via das duvidas fiz um chá de boldo, e dei a todos.
Quantos aos fenomenos, eu penso que neste nacional, faltou a experiencia.
Penso que qualquer clube que se candidate á organização de um evento deste nivel tem de ter uma organização já defenida, senão o melhor é não se candidatarem.
Penso que seja preferivel fazer o nacional sempre no mesmo sitio, e com a mesma organização, onde todos já estão se conhecem e sabem com o que podem contar, do que mudar todos os anos, e depois acontecerem"os tais fenomenos que fala"
Senão por este andar, qualquer dia, são mais os criadores a participarem em Internacionais no estrangeiro, do que no nosso Nacional.

Um abraço

Carlos Faisca