domingo, 11 de abril de 2010

DESILUSÃO!TRISTEZA!SÓ EU SEI O QUE SINTO!!MAS COM MUITA FÉ!!!

Quem me conhece sabe que eu sou incapaz de esconder qualquer coisa que se passe comigo,e nesta altura do campeonato quem vier visitar o meu blog,pode ficar com pouca vontade de criar canários.
Mas meus amigos isto é o meu blog como tal aqui vou escrever apenas o que se passa no meu dia a dia,aquilo que sinto,o que penso,o que faço,como faço,e o que penso fazer,quer seja positivo ou negativo.Se estou triste não posso sorrir,nem andar feliz,mas isso não interessa,vamos falar de canários.

Para não desmoralizar as tropas,posso vos contar duas cenas que se passaram hoje de manhã comigo.Só para terem a noção do meu estado de espírito.
Cheguei á garagem eram 7.20h,porque a minha vontade de lá ir é menor cada dia que passa como tal quanto menos eu lá estiver a olhar para eles melhor para mim.(Ontem para tentar esquecer um pouco os canário sai da garagem pouco depois das 8h,fui tomar banho e jantar e fui ate ao café ver o jogo entre o Real Madrid e o Barcelona).

Dei papa,e quando acabei,vim mais uma vez á net,consultas e mais consultas,para tentar chegar a uma conclusão,ou a um consenso comigo mesmo,em relação ao que tenho que dar aos meu canários,tenho que dar algo que eu ache ser o mais acertado,mas de minha livre vontade,para depois em caso de fracasso não culpe ninguém por dar este ou aquele medicamento,sabendo eu que o "Baytril" dado em demasiado,pode provocar a esterilização dos meus canários.Mas também sei que é um medicamento de largo espectro,de uma qualidade inquestionavel,e que dá para N de problemas,como tal tinha de arriscar,ou não tiro nada este ano,ou ainda vou a tempo de dar a volta á situação,mesmo tarde que seja.

Embora eu seja contra medicamentos,mas no meu caso tinha que fazer qualquer coisa,não podia continuar a olhar para os poucos canários que tenho nascidos,sei lá nem contei,mas talvez uns 100,porque já me morreram mais do que esses,e continuam a morrer ás carradas,e mortos nos ovos já perdi a conta.Para eu já nem ligar aos ovos brancos podem imaginar.

Já me tinha esquecido, do que vos queria contar,sai de casa eram 10h porque a farmácia só abre a partir dessa hora,e entretanto passei pelas traseiras de minha casa para levar mais bebedouros para a garagem,porque iam todos fazer falta,e de caminho levei o saco do lixo para meter no contentor.
Mas tal anda a minha cabeça,que quando dei conta estava a entrar na farmácia com o saco do lixo na mão.Até me ri sozinho,da figura que estava a fazer.Entrei ainda indeciso entre dar "Tylan",e a "Terramicina",metade metade,durante 5 dias na água,recomendado por um grande amigo meu para ver se a coisa melhorava,e que segundo ele não afecta a gala,tão importante nesta altura do campeonato.

Tive outro amigo,um grande campeão português, que me disse que tinha um problema semelhante e que o veterenario lhe disse tratar-e de uma bacterea nos intestinos,e recomendou-lhe o seguinte tratamento:

"Domicina-plus",em conjunto com "Antimicina" durante 4 a 5 dias na água,depois nos 4,ou 5 dias seguintes ao tratamento,dar "Nathur Plus" em conjunto com "Slimfly" são todos produto de columbofilia.
Estive para fazer este tratamento,mas o meu caso pareceu-me mais complexo,por isso ter optado pelo "Baytril 10%"e depois cada caso é um caso,e há N de bacterias diferentes.

Ataquei logo forte e seja o que Deus quiser,com gala ou sem gala,que é o mais certo é nas próximas semanas vá ter os ovos todos brancos.Eu tinha de optar ou arrisco tudo,e pode ser que em Junho ou Julho ainda consiga fazer uma criação,ou então estou-me a consumir a mim,e ás minhas fêmeas,porque elas coitadas não tem culpa das asneiras que o dono faz,e não tem que pagar pelos meus erros,ou neste caso descuido,sim porque falhei em algo que me transcende...

Entrei na farmácia,e acabei por não comprar nada,não tive coragem de comprar o "Baytril 10%",acho o produto um pouco forte,porque o 5% só havia injectavel,e lá fui eu á farmácia junto do hospital á procura do "Baytril 5%",mas mais uma vez nada,acabei por fazer uma caminhada até á baixa á ultima farmácia aberta ao domingo em Faro,neste caso era a 3ªque eu visita,e esta nem sequer tinha produtos veterinários.De volta para casa,que fica perto da primeira farmácia,pensando não sei no quê,quando dei por mim estava a ir numa direcção que não era a que devia de tomar.Isto é só para verem o meu estado de espírito em relação aos meus canários neste momento é de muita tristeza por não ser capaz de saber exactamente o que se esta a passar,embora desconfie do que é,mas sem ter certezas.

Nunca tive as condições que tenho este ano,boas gaiolas,bom sistema de ventilação,boa limpeza,ar suficiente,que já me visitou sabe do que estou a falar,tudo novo,desde ninhos a gaiolas,tudo aquilo que eu achei ser importante para melhorar as condições dos meus canários.
Este ano pelo menos era para ter uma criação tranquila e sem grandes sobressaltos.Já me esquecia ontem morreu-me de repente e sem nenhuma razão aparente um macho castanho opala amarelo que eu tinha comprado em Italia.

Resumindo tirei todo os bebedouro das gaiolas que ainda ontem tinha metido complexo B numas,e vitamina E para a gala noutra tudo nas vasilhas de plástico,e meti baytril 10% nos bebedouros,porque não encontrei o de 5%.
A marca recomenda dar 0,05 ml por litro de água,e eu dei o mesmo,mas em 1,5 l de água,vou dar durante 7 dias consecutivos a todos eles sem excepção,até aos quase 20 que estão em gaiolas de exposição,todos vão fazer o tratamento.Como a sorte só persegue os corajosos e os aventureiros,tenho fé que ela não me abandone,e que pelo menos daqui por uns 2 meses possa ter uma criação digna de um criador que tudo tem feito para melhorar as suas condições de criação.Boa sorte para a vossas criações.Disitir Nunca..........

7 comentários:

miguel disse...

Boas Sr.º Carlos!
Acredito, piamente, no que está "sofrer".
Não é fácil, um ano de trabalho,e de um momento para outro ir tudo por agua abaixo.
É nestes momentos, que eu pergunto, a mim mesmo:
Como há pessoas, que conseguem criar canários!?!?
Eu já visitei, e comprei canários, a "criadores", que com todo o respeito, pelo trabalho dessas pessoas, e apenas mencionando um ou dois aspectos ««limpeza - de mês a mes; agua - não se via (o verdete era tanto, que tapava a agua), enfim, e você quase se "crucifica", porque admite, que falhou, em algum momento, com uma má decisão...

Espero, que corra bem, com essa ultima criação de junho...
Se não estou errado, julgo que um destes ultimos anos, a 1ª fornada, tambem, não correu lá muito bem, e por fim, ainda conseguiu os campeões...

cumprimentos, e coragem: miguel

Carlos Faisca disse...

Ola Miguel

Hoje foi domingo,e normalmente nesta altura do campeonato é na garagem que eu passo os meus domingos,mas hoje só lá fui 3 vezes,e durante pouco tempo,poque ada vez que dou a volta aos ninhos a tisteza é enorme,e quando não estão mortos no jninho,estão jogados fora na grelha ou caidos no tabuleiro.Mas mais grave ainda são os ovos que jogo fora de canarios que morreram no ovo,quase todos completamente gerados.
Tenho concerteza uma bacteria que me afecta a flora ,ou os intetino do meus canarios.Tive de a ir bucar a algum lado,ela não apareceu cá por acaso,ou em canário adquiridos,ou numa exposição que eu tenha participado,e que não fiz a respectiva quarentena.

Limpeza,troca de bebedouros,troca de comedouro de papa,não facilito, e mesmo assim não foi suficiente.
Mais uma vez falhei num pormenor muito importante,ter atenção ás aves adquiridas,e ás aves que participaram em expoições.

Por o que estou a passar,cada vez vou participar menos,e com menos quantidade de canarios em qualquer exposição que participe,e posso vos já dizer de caras,que só irei ás principais.Comprar canários muito poucos,e apenas directamente ao criador.

O ano passado a 1ªcriação tive imensos ovos goros,mas não me morreram quase nenhuns canario no ovo,e poucos depois de nascerem.

Faz hoje precisamente 1 mes que os acasalei,e a minha tristeza é enorme,mas a minha vontade de dar a volta ainda é maior,como tal tudo irei fazer para inverter o que se me esta a passar.

Obrigado Miguel,e Boa orte para as tuas criações.
Deixa lá Deus é grande,e no fim hei-de ter alguma alegria para compensar toda esta tristeza.
um abraço
carlos faisca

Ricardo disse...

Bom dia,

De facto desejo que o baytril resolva o problema. Contudo, tenha cuidado pois o mesmo é contra-indicado para aves com menos de 6 meses pois dá cabo das cartilagens. Qualquer veterinário minimamente especializado em aves sabe disso.

Os sintomas das suas aves para mim são o típico de coccidios. Como estão os intestinos das aves novas? Inchados? Como são as fezes? Têm sangue?

Existem inúmeros tipos de coccidiose, umas mais fortes que outras. Mais uma vez, com fezes frescas, qualquer veterinário qualificado consegue saber se é coccidios num minuto. O tratamento é simples, baycox para os pais e talvez, para não subcarregar muito, algum medicamento baseado em sulfas para as crias. As doses dependem do peso das aves.

Boa sorte,

Ricardo Mendão Silva

ThiagoDB disse...

Carlos, você já pensou na possibilidade de estar havendo um surto de COLIBACILOSE ou PROVENTRICULITE no seu canaril, tenho um amigo aqui no Brasil que estava com o mesmo problema de morte de filhotes e morte embrionaria.

No caso dele usamos o Clavulanato de Potassio + Amoxicilina (Clavulin) e Micostatin.

Abraço a boa sorte.

moranguito_Edu disse...

Boa tarde;
Desejo que as coisas melhorem e que tudo lhe corra de feição...
Abraço

Tiago Jesus disse...

Boas.
Nem consigo imaginar o que esta a passar, decididamente não é facil depois de 1 ano de trabalho arduo para que tudo corra do melhor apareçer uma bacteria que teima em estragar tudo.
Mas como eu sempre ouvi dizer a mais marés que marinheiros e como tal tenhu a certeza que com a sua dedicaçao vai conseguir superar mais esse obstaculo.
Abraço e coragem: Tiago

http://canariosjesus.blogspot.com/

Carlos Faisca disse...

Bom dia

Agradeço a vossa solidariedade e preocupação.Por agora estou a trocar os bebedouros dia sim dia não,porque a temperatura baixou,e como utilizo tudo bebedouros azuis,não tenho necessidade de mudar todos os dias.E depois o trabalho é imenso,porque a minha mulher mete-os na água c/lexivia e um detergente liquido que ela compra,e eu nem sei o que é,durante algumas hora,e depois passa-os por agua bastante quente e deixa-os a escorrer,tão a ver o trabalho de 170 bebedouros,porque estou a dar tambem aos que separo e meto nas gaiols individuais.

Se o Baytril não melhorar então terei de avançar com novo medicamento passados alguns dias.

Tenho fé que os canários võ aparecer,podem não aparecer é aqueles que eu mais queria tirar,mas isso é sempre assim meus amigos.Por vezes o melhor é nem ligarmos tanta importancia á situação,senão nem raciocinamos correctamente,e em vez de tentarmos melhorar,ainda fazemos pior.

Thiago DB,eu tambem não excluo a hipotese do surto de COLIBACILOSE,por essa mesma razão eu ter dado o BAYRYL 10%,bastante eficaz tambem para a COLIBACILOSE.

Em relação á PROVENTRICULITE,ainda estou renitente,á prior não me parecem ser os sintomas,porque eu tive há 10 anos um surto desse mesmo fungo ou bacterea,e na altura tinha 80 casais,estava-me a correr um ano maravilhoso,os ninhos todos cheios,os canarios nasciam todos,e de repente começaram a morrer depois de anilhados,com comida no papa e tudo.

Só para ter uma ideia num dia morreram-me mais de 100 com idades entre 7 e 12 dias de vida.Mandei vir o medicamento de França atraves de uma prima,e 2 dias depois estava a dar ao bico,e na água,o certo é que consegui suster o problema,e todos aqueles casais que isso aconteceu que foram apenas 3 das 10 raças que tinha na altura,acabei com elas no ano seguinte.Não fiquei com mais nenhum reprodutor que os filhos me tivessem morrido,pois eram portadores da doença.

Levei um rombo tanto em canarios,como psicologicamente,há 2 anos no final de Agosto apanhei a variola por tabela,perdi talvez mais de 50,mas como consegui detectar a horas o que era,no mesmo dia que descobri,depois de sair do trabalho,fui a casa do SrºRui Belchior,que fica a 350 km de minha casa buscar 4 vacinas,que ele me conseguiu arranjar atraves de um amigo dele e no outro dia de manhã ás 7h,tirei o dia,e eu e a minha filha levamos todo o dia a vacinar todos os meus canarios.Tinha uns 700 canarios,e agulha tinha de ser queimada,e passada pelo alcool,de canario para canario,para que a doença não fosse transmitida a todo o plantel.
Boa sorte pata todos
um abraço

carlos faisca